HOME
  Atendimento (21) 3171-7854 / 2493-7854 / 2653-1621     FACEBOOK   TWITTER   YOUTUBE  
 
 
 
  Proposta  
 

   A Clínica Pró Nascer, especializada em medicina reprodutiva, "nasceu" em 2001, fundada pelo médico João Ricardo Auler, com objetivo de proporcionar um tratamento laboratorial de alto padrão técnico em infertilidade conjugal a preços acessíveis a todas as camadas da população de nosso país, que até então era exclusivo para pacientes com poder sócio-econômico muito alto. Entendíamos que a maior parcela da população do Rio de Janeiro estava excluída destes tratamentos laboratoriais, como a Fertilização in vitro (FIV), pela questão financeira.

 
     
 
 
     
   
     
 

   Disponibilizamos equipamentos de alta tecnologia, e aliado a isso, recrutamos profissionais capacitados e com pioneirismo na técnica de FIV no Brasil. Tivemos como objetivo principal, aplicar as melhores técnicas preconizadas internacionalmente no tratamento da infertilidade com as maiores possibilidades de resultados satisfatórios.

   Este projeto nos levou a resultados comparáveis a literatura mundial, sendo possível ajudar centenas de casais a conquistar o sonho da maternidade.

   Este "casamento" de resultados atraentes e custos acessíveis, que se mantém até hoje, fez com que a clínica se expandisse e montasse em 2005, na Barra da Tijuca, no moderno Centro Médico Barra Life, um Centro de Medicina Reprodutiva com 420 m2, nos padrões reconhecidos internacionalmente, como o credenciamento da Rede Latino Americana de Reprodução Assistida (RedLara); e pela Vigilância Sanitária do Estado do Rio de Janeiro (ANVISA). Aliás, a Clínica Pró Nascer é a primeira clínica especializada em medicina reprodutiva com licenciamento definitivo da ANVISA, no município do Rio de Janeiro.

 
     
   
     
 

   Desde o primeiro contato do paciente com a clínica, tentamos reduzir o máximo dos custos. As consultas e todos os exames diagnósticos podem e devem ser realizados em nossas unidades, Barra da Tijuca e Duque de Caxias, pelos principais planos de saúde existentes (à consultar), minimizando assim o custo total do tratamento. Da mesma forma, evita-se o risco da paciente não conseguir marcar determinados exames em um determinado dia do ciclo menstrual e termos a certeza da qualidade técnica inquestionável de nossos laudos, fundamental para chegarmos a um diagnóstico real de cada caso. Em relação a este aspecto econômico, é importante fazer com que o paciente estabeleça uma relação de confiança com o serviço, sem gastos iniciais. Entendemos que esta relação entre o paciente e o serviço é fundamental para o desfecho satisfatório do tratamento.
   As principais formas do paciente chegar a primeira consulta na Pró Nascer, é através da indicação médica, principalmente ginecologistas e urologistas. Habitualmente estes profissionais chegam ao diagnóstico do casal, porém, baseado em estudos estatísticos (ver abaixo), na grande maioria dos casos, a solução do problema depende de um laboratório de reprodução assistida acoplado. Para se chegar a gravidez fazendo uso das técnicas laboratoriais, os pacientes tem de ser inevitavelmente encaminhados para as clínicas especializadas em medicina reprodutiva.

“Atualmente não há como fazer tratamentos de infertilidade sem um laboratório acoplado pois caso contrário perderíamos 80 a 90 % dos casos.”
Benercke e cols. (Revisão da literatura) – Gynecol e Obstet, 2005 – South África

   Esta forma de encaminhamento médico, representa mais de 40% de aproximadamente 200 pacientes mensais que nos procuram na primeira consulta.
   Acreditamos que esta grande demanda se dá principalmente em razão da confiança destes profissionais em nosso potencial, em vista dos resultados de nossos tratamentos serem públicos e aliados aos custos mais competitivos do mercado.
   Com o diagnóstico clínico estabelecido, partimos para o tratamento ideal de cada paciente. A idéia é chegarmos a gravidez da forma mais rápida, econômica e eficaz possível.

 
     
 
         
 

   Sabemos que a possibilidade de gravidez com a idade feminina avançada, mesmo nos tratamentos mais modernos, como a Super-ICSI, fica cada vez mais distante pois estas pacientes tem possibilidades reprodutivas cada vez menores. Por isso, entendemos que a idade feminina avançada é o pior fator prognóstico da infertilidade além de ser também um limite da medicina reprodutiva, pois a ciência não pode reverter o quadro cronológico com intuito de aumentar as chances reprodutivas do casal. Por isso, a agilidade nos tratamentos é fundamental.

   
         
 
     
 

   A reprodução humana é uma especialidade médica que se modifica diariamente, e a cada momento surgem novas perspectivas na melhoria dos tratamentos. Por isso, nos mantemos sempre atualizados com o que há de mais recente nas pesquisas mundiais e fazemos constante reciclagem de toda equipe.
   Porém, quando paramos para pensar, nos perguntamos: Ocorrendo uma indicação de FIV, por que os embriões transferidos, muitas vezes de ótima qualidade morfológica, não culminam em uma gravidez em determinados casos? Por que os tratamentos aplicados em todo o mundo, dependendo da idade da paciente, tem aproximadamente 50% de sucesso? E a outra metade? E os casos em que não conseguimos um diagnóstico, que representam 10% dos casos de infertilidade? Da mesma forma, como podemos evitar o outro extremo que é a temível gravidez múltipla? Por que a ciência que é tão avançada não tem as respostas para determinadas perguntas na área da medicina reprodutiva?

   Devido a urgência em desvendar os mistérios desta especialidade tão delicada e proporcionar o sonho da maternidade a muitos casais, nosso raciocínio foi interligar as unidades clínica e laboratorial com extrema eficiência em nosso serviço.

   Entendemos que mundialmente, o foco atual está na avaliação minuciosa do sêmen a fim de selecionarmos microscopicamente o "melhor espermatozóide" para obtermos embriões mais qualitativos com maiores chances de sucesso reprodutivo.
   Em relação a avaliação qualitativa do sêmen, montamos o perfil andrológico do paciente, com todas as informações possíveis para que possamos proporcionar tratamentos específicos para cada caso, incluindo a capacitação espermática prognóstica que fornece o prognóstico do tratamento laboratorial na inseminação artificial e fertilização in vitro.

 
   
  Super-ICSI (IMSI)  
     Em 1992, a escola Belga revolucionou a infertilidade quando desenvolveu a técnica de injeção intracitoplasmática de espermatozóides (ICSI) na qual um único espermatozóide é introduzido no óvulo através de uma agulha.
   Os espermatozóides escolhidos para serem inseminados nos óvulos através da ICSI eram avaliados em microscópio com aumento de 400 vezes, sendo basicamente selecionados aqueles que apresentassem melhor motilidade e suposta morfologia. Entretanto, existiam relatos de taxas de gravidezes diminuídas e taxas de abortamento superiores as relatadas pela obstetrícia, limitando os índices de gestações por FIV em situações aparentemente favoráveis.

   Em janeiro de 2007, pesquisadores da Universidade de Tel-Aviv demonstraram que a incidência de alterações nos espermatozóides tem correlação positiva com sua morfologia anormal, ou seja, quanto mais severa a anormalidade morfológica maior a incidência de alterações genéticas nestes espermatozóides e conseqüentemente menores taxas de gravidezes.
   Foi criada uma técnica chamada no Brasil de "Super-ICSI", conhecida mundialmente como injeção intracitoplasmática de espermatozóides selecionados morfologicamente (IMSI) onde lentes de ampliação com alto poder de resolução são conectadas ao micromanipulador nos proporcionando a observação dos espermatozóides em um aumento de 7.000 vezes, avaliando com muita precisão a morfologia do espermatozóide a ser inseminado no óvulo. Esta técnica nos possibilita identificar vacúolos e alterações morfológicas de cabeça, peça intermediária e cauda nos espermatozóides, que são descartados por terem menos chances reprodutivas (menores taxas de fertilização e, principalmente, de implantação).
 
     
 

 

   Dessa forma, as pesquisas atuais confirmam que a microinjeção de espermatozóides sem anomalias nucleares pela técnica de SUPER-ICSI freqüentemente resulta em diminuição das taxas de aborto e aumento nos índices de gestação para até 70%. Este avanço tecnológico é um marco para a reprodução assistida que sai das taxas de gravidez de 45% em idades heterogêneas encontrados em nosso serviço e nas clínicas mundo a fora.
Ou seja, a SUPER-ICSI permite selecionar os espermatozóides com melhor morfologia, acarretando um aumento nas taxas de gestação e uma diminuição no número de abortos.
   A possibilidade de se escolher os melhores embriões a serem transferidos é que tem sido um dos maiores desafios para especialistas em infertilidade no mundo inteiro. Porém a conclusão é que, é fundamental a escolha dos melhores gametas (espermatozóide / óvulo) para a obtenção do embrião com maiores chances de sucesso de gravidez.

 
     
 

   Adicionalmente, disponibilizamos hoje de outro recurso tecnológico: o laser. Utilizado para otimizar alguns procedimentos laboratoriais, o laser é principalmente usado para induzir o processo de assisted hatching, o qual consiste na ruptura da zona pelúcida que circunda o embrião para posterior implantação. Em casos de embriões com essa zona pelúcida espessa, pacientes de mais 40 anos ou em embriões que passara pelo processo de criopreservação, esse assisted hatching induzido com o laser é necessário para melhorar as chances de implantação embrionária. No caso, pra isso acontecer, o embrião precisa mesmo romper essa barreira da zona pelúcida e se infiltrar no endométrio. Assim, com a disponibilidade do laser para facilitar esse processo, foi comprovado que as chances de gravidez aumentam com o uso dessa ferramenta.

   Realizamos a Super-ICSI de rotina em todos os casos de Fertilização in vitro. Por isso, nossas taxas de fertilização e desenvolvimento embrionário (clivagem) são acima da média nacional (ver estatística oficial abaixo - dados laboratoriais de nosso serviço enviados para registro na ANVISA). Com isso, temos a filosofia de fazer um estímulo ovariano mais brando com as vantagens de diminuir os gastos dos medicamentos indutores da ovulação e compensar a diminuição do número de embriões com as maiores taxas de implantação embrionária pela Super ICSI, além, é claro, da questão ética dos embriões excedentes.
Obs. As palavras em vermelho servem somente para demostrar as alterações.

 
     
   
     
 

   Em um passado próximo relatavam-se baixas taxas de gravidez com embriões descongelados através do congelamento lento. No entanto, com o advento da técnica de vitrificação, a qual consiste em um congelamento ultra-rápido de embriões em um estado vítreo, foram observadas maiores taxas de gravidez. 
   Atualmente os estudos referem que a transferência de embriões descongelados por esta técnica, como a de embriões à fresco, apresentam taxas de gestação semelhantes.

A vitrificação dos embriões pode ser feita em alguns casos como por exemplo:
• quando há mais embriões do que o permitido para serem transferidos;
• quando o endométrio não está adequado;
• quando o índice de progesterona antes da ovulação, estiver alto, e
• em casos onde existe o risco de síndrome de hiperestímulo ovariano

   Procedemos de rotina o congelamento rápido por vitrificação de embriões, óvulos e espermatozóides na Clínica Pró Nascer.

 
     
 

Diagnóstico Genético Pré-Implantacional por CGH
   Outro procedimento que usamos com muita frequência é o CGH, que significa hibridização genômica comparativa. É uma recente técnica utilizada no diagnóstico genético pré-implantacional (PGD) na tentativa de selecionar os embriões com mais chances de ter um cariótipo normal antes de serem transferidos para o útero.
   O CGH permite a análise de todos os 46 cromossomos do casal, de embriões gerados no procedimento de fertilização in vitro antes da transferência, possibilitando assim, que somente embriões livres de alterações cromossômicas sejam transferidos para o útero e com isso aumentando a possibilidade de gravidez e do nascimento de bebês saudáveis geneticamente. O CGH é o que há de mais moderno em Reprodução Humana Assistida e temos indicações específicas em alguns casos.

Ele pode ser indicado em casos de:
• idade materna avançada;
• abortos recorrentes;
• falhas repetidas de FIV, e
• histórico de alterações genéticas na família.

   Outro diferencial da clínica Pró Nascer é a nossa preocupação com a transparência do tratamento para as nossas pacientes. Primeiramente, nos prontificamos a atualizar as pacientes em relação ao tratamento caso seja interesse delas, oferecendo todas as informações possíveis sobre o desenvolvimento dos embriões no decorrer dos dias entre a aspiração dos óvulos e a transferência dos embriões. Além disso, inovamos o procedimento da transferência embrionária ao realizá-la com filmagem em tempo real de cada etapa. No caso, a lupa utilizada para manipulação dos embriões e seu e carregamento no cateter de transferência possui uma câmera acoplada com as imagens projetadas para um televisor presente no centro cirúrgico. Em seguida, a inserção da guia de transferência do cateter é acompanhada pela imagem do ultra-som abdominal (também projetada no mesmo televisor), com posterior inserção do cateter contendo os embriões. Por fim, o cateter é devolvido à bióloga para a checagem da eficácia da transferência dos embriões para o útero. Assim, todo o passo-a-passo da transferência embrionária, desde o carregamento dos embriões até a inserção do cateter, são acompanhados visualmente pelo casal, garantindo total transparência do procedimento.
   Todos os pacientes são acompanhamento por mim em todas as etapas do tratamento. Desde a primeira consulta; nos resultados dos exames; no diagnóstico e na melhor estratégia terapêutica; no acompanhamento da monitorização da ovulação para se estimular os ovários; no acompanhamento na aspiração folicular;  na transferência embrionária e no encaminhamento para o Pré-Natal para o seu médico obstetra.
   Acreditamos que a gravidez é um dos instintos do ser humano, e por ser um ato acompanhado de consciência, sem interferência da reflexão ou da inteligência, o estado emocional equilibrado dos pacientes, é um fator de suma importância para que haja um resultado positivo e satisfatório.

 
 
 


   E o mais importante, é que nossa história de resultados promissores caminha ao lado da nossa filosofia de custos acessíveis, mesmo com as novas tecnologias empregadas. Proporcionamos assim, o sonho da maternidade para casais que jamais pensariam em chegar a este tratamento com as condições tecnológicas mais avançadas da atualidade.

 
     
 
         
 

   Temos um projeto social, chamado Projeto Vida, que foi criado em 2005 e foi ao longo dos anos aperfeiçoado. Este projeto proporciona uma redução do custo do procedimento, onde cobramos praticamente o custo operacional, que ainda pode ser parcelado, levando a uma maior acessibilidade aos pacientes que necessitam desta ajuda. Porém, o tratamento adotado em qualquer paciente é o mesmo, independente da forma de pagamento. Isso só foi possível, com a parceria de uma equipe médica interessada, que participa de todas as etapas do tratamento laboratorial e com o propósito de cobrar custos reduzidos em seus honorários, levando a um custo total muito menor do que a média do mercado. Aliás o Projeto Vida, é o primeiro projeto social da rede privada nos tratamentos laboratoriais de infertilidade no Brasil. Clique aqui e veja no site todas as informações deste projeto para saber como funciona.

   
         
 
     
 

   Enfim, estamos preparados para realizar qualquer tipo de procedimento laboratorial da atualidade relacionado a medicina reprodutiva de alta complexidade, com a maior segurança possível, com credibilidade nacional da vigilância sanitária do Rio de Janeiro e com o menor custo do mercado.

   Entendemos que o Super tratamento adotado pela Clínica Pró Nascer, é a melhor opção custo x benefício atual no tratamento de alta complexidade em infertilidade no Rio de Janeiro.

Dr. João Ricardo Auler – Diretor Médico da Clínica Pró Nascer

 
     
 
  Voltar ao topo Voltar ao topo Compartilhe nas redes sociais:      
 
 
     
 
 
Direitos reservados a PRO NASCER.com.br. Desenvolvido por INTERPIX Internet